Saiba quais são os 4 benefícios da amamentação básica para seu filho

30 maio
0 comentário(s)

Após o nascimento, o bebê passa a ser prioridade na vida da mãe. Assegurar a saúde da criança é imprescindível para garantir seu correto desenvolvimento. Para isso, é fundamental conhecer os benefícios da amamentação.

Entretanto, amamentar pode não ser uma tarefa tão simples. Muitas mães — principalmente as de primeira viagem — sentem algumas dificuldades, como dor, rachaduras nos seios e insuficiência de leite. Todos esses desconfortos são normais e, com alguns cuidados, a amamentação pode se tornar mais simples e menos incômoda.

Continue a leitura e conheça os quatro principais benefícios que a amamentação traz para o seu filho!

1. Fortalece a imunidade do bebê

O leite materno é um alimento completo e fundamental para fortalecer a imunidade do bebê e protegê-lo contra doenças. As células de defesa e os anticorpos são responsáveis por proteger o corpo do recém-nascido.

De fácil digestão, o leite hidrata e apresenta substâncias que protegem a criança contra alergias; pneumonia e outras doenças respiratórias; diarreia e outras doenças gastrointestinais e desnutrição. Por isso, a amamentação é importante desde o primeiro instante de vida.

2. Ajuda no desenvolvimento motor e emocional

As substâncias bioativas presentes no leite materno são essenciais para o desenvolvimento cerebral da criança. Esses nutrientes são capazes de evoluir o cérebro por meio de ações bioquímicas e por mudanças no sistema sensorial.

Um trabalho realizado na Universidade Federal de Sergipe concluiu que os bebês que mantém uma alimentação baseada na amamentação exibiram um maior desenvolvimento neuropsicomotor e menos hábitos orais prejudiciais aos dentes.

A amamentação ainda mantém a ligação íntima entre mãe e filho após o nascimento. O toque, o olhar, a voz materna, os cheiros e sabores fazem com que a criança se acalme e sinta que está em um ambiente seguro.

3. Contribui para o crescimento

O leite materno garante que o lactente cresça de maneira adequada. Durante sua evolução, ele tende a mamar mais vezes — o que é muito normal e saudável. O pico desenvolvimento é, basicamente, o momento de crescimento em altura, peso, massa muscular e aumento do tamanho da cabeça.

Durante esses picos, os pequenos precisam se alimentar com mais frequência e é importante atender às suas necessidades em livre demanda. Esteja sempre atenta e observe bem cada fase que ele está passando.

4. Gera interação entre mãe e filho

Certamente, um dos grandes benefícios da amamentação é o laço afetivo criado entre a mãe e o bebê. Esse é um momento de intimidade, com envolvimento mútuo por meio da troca de olhares, do colo e do calor. A mãe pode aproveitar para conversar e cantar, fazendo com que a criança tenha seus primeiros contatos sociais.

Esse vínculo emocional é extremamente importante para criar sentimentos positivos no lactente. Dessa forma, ele se sente acolhido, seguro, feliz e confiante — garantindo uma infância mais tranquila.

Os benefícios da amamentação são muitos, inclusive para as mães. Ele é capaz de diminuir a ocorrência de doenças como diabetes, câncer de mama e osteoporose. Além disso, o ato também é um momento de amor e carinho entre mãe e filho.

Se você gostou do nosso conteúdo, compartilhe-o em suas redes sociais! Assim, você ajuda outras mães a entenderem melhor o assunto!

Deixe seu comentário