O coronavírus e o cuidado com as crianças

06 abr
0 comentário(s)

Apesar não estarem no grupo de risco, as crianças entraram na quarentena por serem potenciais portadores assintomáticos e transmissores para os mais velhos. Se não é fácil para um adulto entender essas mudanças todas, imagina para uma criança. A gente trouxe algumas dicas de como explicar para os pequenos essa fase de reclusão.

1. Converse com seu filho.

Explique para a criança, com calma e com a linguagem adequada, porque ela está em casa. Tire suas dúvidas e mantenha-a informada do que está acontecendo.

2. Reforce os cuidados com a higiene

Não é novidade passar o dia pedindo para a criança lavar bem as mãos, não levá-las à boca e não coçar os olhos, por exemplo. Nessa época, vale aumentar esse cuidado e orientação. Lembrando que a melhor forma é o exemplo, comece por você.

3. Inclua a criança na rotina da casa

Deixe que ela participe de pequenas tarefas domésticas. Eles gostam de se sentir fazendo parte das coisas e pode ser divertido.

4. Faça chamadas de vídeo

De uma hora para outra, eles se viram longe dos parentes e amigos e devem estar com saudade. Mantenha este vínculo e lembre que isso vai passar e, em breve, todos estarão juntos novamente.

5. Brinque com seu filho

Essa dica vale sempre, mas, em tempos de confinamento, é muito importante. A criança precisa de atenção, além da sua presença. Aproveite esse tempo e fique mais perto.

Agora é com vocês. Aproveitem o isolamento para criar memórias afetivas e positivas para as nossas crianças e para nós mesmos. Cuidem-se.

Deixe seu comentário