Dia do professor: qual a importância do professor na educação infantil?

16 out
0 comentário(s)

Ontem, dia 15 de outubro, foi comemorado o Dia do Professor. É provável que, depois de ter saído da escola, essa data tenha perdido um pouco o significado para você, até se tornar mãe e se ver às voltas com as lembrancinhas para agradecer à quem se dedica ao seu filho o ano todo. Mas afinal, você sabe qual o papel do professor na educação infantil?

Nessa data, quase todo mundo se lembra de ao menos um professor inspirador lá dos tempos de ensino médio ou de algum que foi exemplo durante a faculdade. Mas depois de ter filhos, nossos olhos se voltam para aqueles de quem muitos não se lembram mais, os primeiros professores.

Por isso, o post de hoje é em homenagem a eles, que se tornam o vínculo dos pequenos com o ambiente e com o ensino desde os primeiros anos da vida escolar. Confira!

A origem da comemoração

A escolha da data está associada ao Decreto assinado por Dom Pedro I, em 15 de outubro de 1827, instituindo o Ensino Elementar no Brasil. A partir dele foram criadas, nas cidades e vilarejos da época, as “Escolas de Primeira Letras”.

Mais de um século depois, o professor paulista Salomão Becker, junto com alguns colegas, teve a ideia de fazer dessa data um dia de confraternização em homenagem ao professor.

A comemoração foi oficializada em 1963, por decreto federal, assinado pelo então presidente João Goulart, que declara feriado escolar no Dia do Professor.

E desde então, esse é o dia para homenagear àqueles que nos ensinam bem mais que as primeiras letras, seja com uma maçã, como nas histórias em quadrinhos, ou com um recadinho nas redes sociais.

O papel do professor na educação infantil

Agora que você já sabe como surgiu essa data, que tal entender um pouco mais porque o professor do seu filho merece todo esse carinho e reconhecimento?

O professor  tem um papel diferenciado na educação infantil, sendo a primeira grande referência da criança fora do âmbito familiar. Sua atuação vai muito além de ensinar e passa pelo convívio diário com alunos que estão descobrindo o universo escolar.

A educação infantil é uma das fases mais importantes da vida escolar e o professor, como mediador entre a criança e o conhecimento, é fundamental para a construção do processo de ensino aprendizagem, bem como na criação de vínculos e na integração ao ambiente escolar.

Vínculo

Trata-se da ampliação do apego que os pequenos têm pelos pais, para outras pessoas. Quanto menor for a criança, esse vínculo será formado primeiro com os educadores e, só depois, com as outras crianças.

O professor se torna o amigo preferido no ambiente escolar, a referência. No entanto, ainda que o vínculo se caracterize como uma relação afetiva, o professor da educação infantil não deve ser visto apenas como um cuidador carinhoso. Cabe a ele fazer com que a criança se sinta segura e acolhida, porém ensinando limites, criando hábitos, passando regras básicas de convivência e organizando o espaço escolar.

Segurança

Em um primeiro momento, o principal papel no vínculo é dar à criança a sensação de proteção e conforto nesse novo ambiente. Durante o processo de adaptação escolar, os pequenos transferem para o professor a relação de segurança que têm com a mãe. Na ausência da mãe, a criança enxerga o professor como responsável por cuidar, proteger e atender às suas necessidades naquele ambiente, como um substituto.

Ensino

Além do acolhimento afetivo, um segundo aspecto da função do professor é o de promover a ampliação dos horizontes e a aquisição de novos conhecimentos. O professor viabiliza a entrada da criança em um mundo novo, com regras, hábitos, horários e funcionamento diferentes dos de casa, bem como estímulos diversos — de socialização, habilidades motoras, linguagem e outros.

Para se desenvolver nesse novo universo do conhecimento, a criança precisa do vínculo afetivo para se sentir suficientemente segura e protegida, se lançando aos novos desafios sem medo de errar.  Cabe ao professor, por meio do aprendizado lúdico, criar as oportunidades para ela manifestar suas ideias, seus sentimentos, sua linguagem e sua imaginação.

Por tudo isso, mesmo que, quando adultos, poucos se lembrem de seus professores na educação infantil, eles são, possivelmente, os mais adorados durante toda a trajetória escolar do aluno.

E você? Guarda alguma lembrança especial de um professor da sua infância? E dos primeiros professores dos seus filhos, você vai esquecer? Conte pra gente deixando um comentário.

Deixe seu comentário